26 de janeiro de 2017

Talvez eu tenha uma sede exagerada de vida e amor


"Talvez eu tenha uma sede exagerada de vida e amor, o que me leva a experimentar sensações que vão da intensidade de um furacão à suavidade da brisa.

Vivo em (des) equilíbrio, de um extremo a outro de emoções.

Com o sabor da vida na boca, na alma."

Eneida Cristinna

Nenhum comentário:

Você poderá gostar de...