28 de janeiro de 2017

Mudei, e hoje me passo por covarde...


Já criei muitos desafetos por defender pessoas que chamei de amigos,

botei peito na frente de uma difamação,

briga, descontentamento, insatisfação, sem saber o fundamento de nada,

defendi por defender, por ser amigo, por ser gente de papo interessante,

e por me oferecer afetos que eu pensava ser de coração,

me ferrei, e eles se passaram por gente do bem,

a ruim, a falsa, a medíocre, foi eu.

Mudei, e hoje me passo por covarde,

mas não pego boi pelo chifre,

não abraço uma causa sem saber do que se trata,

e se caso eu defenda será exatamente pelas minhas certezas,

por aquilo que sei.

As pessoas são inconstantes,

nem sempre vão ser fiéis quando o calo dela doer,

e precisamos nos cuidar ao invés de tomarmos frente de uma guerra

que não é nossa, principalmente de gente que apronta

e depois se faz de vitima e injustiçada.

Cecilia Sfalsin

Nenhum comentário:

Você poderá gostar de...