23 de janeiro de 2017

Ignoremos!


Algumas vezes nos julgarão injustamente, em outras, deturparão as nossas palavras e, em outras ainda, tentarão desqualificar as nossas crenças e a nossa fé...

Nessas ocasiões, consideremos, apenas, que quem quer que o faça, não estará dentro de nós e não tem pré-requisitos para tecer tais julgamentos.

Ignoremos!

E sigamos agindo de acordo com o que dita nosso coração e nosso senso de ética e justiça.

Cika Parolin

Nenhum comentário:

Você poderá gostar de...